16/08/10

Tarte de tomate e pesto


Quando era miúda detestava tomate. Estava, portanto, longe de adivinhar que, mais crescidita, este fruto se tornariam dos meus alimentos favoritos. Vermelho, ligeiramente ácido, perfumado, maduro e suculento... é verdadeiramente irresistível, sobretudo quando está no seu auge, como acontece no Verão. Recebi um saco de belíssimos tomates da quinta da mãe da minha amiga Laranjinha e a habitual preguiça estival que me acomete nesta época de calor desapareceu imediatamente. Senti-me revigorada só de os cheirar. Lembrei-me logo da tarte de tomate e pesto da querida Gasparzinha e...mãos à obra!

Nesta receita, fiz uma massa com azeite que aqui já apresentei - se preferirem a massa com manteiga, aconselho a usarem a versão da Gasparzinha. Para o recheio, usei apenas tomate e pesto, pois queria servir a tarte como acompanhamento de umas salsichas frescas grelhadas. A tarte fica bastante bem como acompanhamento, mas pode também ser servida como entrada ou até mesmo prato principal.

Massa (receita para uma forma de 24 cm diâmetro):

1 chávena farinha sem fermento

¼ colher de chá de sal
1 colher de sopa de água
2 colheres de sopa de azeite
1 ovo grande batido

Recheio:

2 colheres de sopa de pesto
(de compra ou caseiro - gosto muito deste de coentros e sementes de abóbora)
Tomate q.b. (usar o suficiente para cobrir a tarte)
Pitada de sal

Massa: no robô de cozinha (ou processador), juntar a farinha e o sal. Misturar. Juntar o azeite. Misturar 2 ou 3 segundos. Finalmente, verter o ovo e a água. Misturar cerca de 10 segundos. Retirar e formar uma bola (se estiver estiver muito pegajosa, juntar um pouco mais de farinha). Guardar no frigorífico, no mínimo 30 minutos, envolta em película aderente.

Estender a massa fina como se fosse uma pizza (não é preciso cobrir os lados da tarteira). Picar o fundo com um garfo e colocar pesos por cima (feijão, grão ou bolinhas cerâmicas próprias para esse fim). Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus durante 10 minutos. Retirar do forno, rechear, espalhando o pesto pelo fundo da tarte e cobrindo com o tomate cortado em fatias finas. Polvilhar com um pouco de sal (atenção que o pesto já tem sal!). Levar ao forno novamente, cerca de 20 minutos.

Este cobbler é também uma excelente opção para apreciadores de tomate.

11 comentários:

  1. que bom que as three fat ladies regressaram de ferias. E que belo regresso, com uma tarte mesmo apetitosa.
    e o pesto... mmm, tenho que experimentar! cativou-me a primeira! (confesso que tenho um "fraquinho" por coentros).
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Um regresso colorido e bem delicioso :)

    ResponderEliminar
  3. Que torta mais deliciosa! Está perfeita pra mim que amo a mistura de pesto com tomates!
    Vou levar a receita!
    Beijinhos,
    Fabi

    ResponderEliminar
  4. Bons olhos te "leiam"!....
    Com um presente assim até parecia mal não sair uma receita a condizer!...
    Adorei e já anotei. Tão simples mas de certeza tão saborosa!
    Babette

    ResponderEliminar
  5. Amiga, esta já se tornou um best of do verão cá por casa!
    Essas rodelas de tomate não enganam: com tomate de primeira, deve ter ficado maravilhosa. :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Que bela tarte, com uma combinação excelente.

    Um beijinho,

    ResponderEliminar
  7. Ora aqui está a receita que procurava para utilizar um caixote cheio de tomates que me ofereceram! A combinação é das preferidas cá de casa...só me falta esperimentar a massa com azeite. Obrigada!

    ResponderEliminar
  8. Já chegaste? Já vens tarde! :) Como sempre, a açambarcar os produtos dos outros he he Tem uma cor linda, lembra a bandeira de Portugal... a arder :)

    ResponderEliminar
  9. Adorei!
    Ando com uma receita de tarte de tomate "atravessada"... lol
    Sempre adorei tomate! Em miúda, ia ao frigorífico e era lavar e começar a cortar às rodelas e, comia-o sem mais nada...
    Agora já tenho mais juízo! E também posso precisar dele para os refogados... lol
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Uma rentrée bem colorida, elegante e deliciosa!!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  11. hum que colorida esta tarte
    com as cores que tanto gosto
    esta uma delicia para regresso apos as ferias
    beijinhos

    ResponderEliminar

A sua opinião conta: comente, sugira alterações, pergunte e tempere a gosto.

Qualquer dúvida, não hesite em perguntar. Tentarei responder a todos os comentários e prestar esclarecimentos aqui no blogue ou via email.