Mostrar mensagens com a etiqueta brownies. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta brownies. Mostrar todas as mensagens

06/12/10

Brownie de abóbora e nozes

brownie de abobora e noz

Gosto muito do Chakall. Delicio-me com as suas receitas, sempre com um toque exótico ou com um twist surpreendente. Rio-me com o seu bom humor – o programa que ele tem agora na SIC Mulher é super engraçado, nomeadamente a maneira informal como ele conversa com as pessoas e a sua relação especial com a paciente cadela Pulga (será que ela vai ter finalmente direito ao tão desejado bitoque?). Encanto-me com a sua simpática aparência… até acho piada ao turbante e ao sotaque. O mais recente livro dele, Portugal Revisitado, já está na minha whish-list natalícia, mas o brownie que hoje vos trago é da sua primeira obra, Cozinha Divina. Testada pela Margarida e aprovada pela Gasparzinha, esta receita do Chakall só podia mesmo ser maravilhosa!



Ingredientes:


350 g de puré de abóbora*
1 chávena de farinha
1 chávena de açúcar amarelo
1 colher de chá de fermento
½ colher de chá de bicarbonato de sódio
½ colher de chá de sal
½ colher de chá de gengibre (usei em pó)
2 colheres de chá de canela
1 colher de chá de noz-moscada
100 ml de natas (a Gasparzinha sugere o uso de iogurte)
100 ml de óleo
2 colheres de chá de extracto de baunilha
½ chávena de miolo de nozes

*Asse a abóbora no forno, envolta em alumínio, ou coza-a a vapor, num recipiente ou tacho adequados; caso tenha a Bimby, use a Varoma. São as melhores formas cozinhar a abóbora para que não fique com demasiada água. Depois triture a abóbora no robô de cozinha, na Bimby ou com a varinha mágica.


Tradicional

Pré-aquecer o forno a 180 graus. Untar uma forma rectangular (usei uma de 20x28 cm) com manteiga e forre com papel vegetal, se preferir use uma forma de silicone e assim já não precisa de untar nem usar papel vegetal.

Manualmente ou no robô de cozinha, bata todos os ingredientes até obter uma massa uniforme. Leve ao forno 10 minutos ou até ficar estaladiço por fora e com uma textura “apudinada” por dentro. Atenção que este tempo depende dos fornos: no meu (que é da idade da pedra) tive que deixar cozinhar quase 20 minutos.

Thermomix_bimby


Pré-aquecer o forno a 180 graus. Untar uma forma rectangular (usei uma de 20x28 cm) com manteiga e forre com papel vegetal, se preferir use uma forma de silicone e assim já não precisa de untar nem usar papel vegetal. Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby e programe 15 seg/vel 4/inversa.

Leve ao forno 10 minutos ou até ficar estaladiço por fora e com uma textura “apudinada” por dentro. Atenção que este tempo depende dos fornos: no meu (que é da idade da pedra) tive que deixar cozinhar quase 20 minutos.




21/09/10

Brownies de chocolate e curgetes


O que primeiro me cativou nestes brownies foi o uso de curgete. Gosto da humidade e da textura que este legume dá aos bolos, salgados e doces. Decidi logo experimentar, andei com a lista de ingredientes no meu caderninho durante 1 semana para ter a certeza de que nada faltava na hora de fazer o bolo. No sábado, pus os ingredientes na bancada e percebi que o bolo não levava ovos. Confesso que não aprecio bolos sem ovos, pelo menos das vezes que os comi, nunca me cativaram, achei-os secos... Durante uns segundos hesitei... será que a receita tem uma gralha? Mas o blogue onde encontrei a receita, tinha-a feito a partir de outro blogue e estavam iguais. E se juntasse 1 ovinho, quiça 2? O facto de te terem corrido mal duas receitas na semana passada não são desculpa para não saires da tua zona de conforto, pensei eu. Sim? Não, vou arriscar. Em boa hora tomei a decisão de seguir a receita original: estes brownies são fantásticos. Densos e húmidos tal como eu gosto. Vale a pena experimentar.



Só uma nota: para fazê-los é indispensável ter uma batedeira, ou então, arriscam-se a ficarem horas a bater o bolo, até que a curgete espalhe a sua humidade aos restantes ingredientes. Usei as varas de massa (e não as de bater claras).

Ingredientes:


1 1/2 chávena açúcar
1/2 chávena de óleo
2 chávenas de farinha sem fermento
1/4 chávena de cacau
2 colheres de chá de essência de baunilha
2 chávenas de curgete ralada
1 colher de chá de sal
1 1/2 colher de chá de bicarbonato
1 chávena de chips de chocolate


Aquecer o forno a 180 graus. Juntar o açúcar, o óleo e a farinha, mexendo com a batedeira em velocidade baixa até que fique com consistência de areia. Juntar o cacau, a essência de baunilha e a curgete. A pouco e pouco, enquanto a batedeira "trabalha" a massa vai ficando húmida e ganhando a tal consistência de bolo a que estamos habituados, embora numa versão mais espessa, típica dos brownies. Misturar o sal e o bicarbonato, mexendo sempre com a batedeira. Por fim, juntar os chips de chocolate, envolvendo na massa com uma colher-de-pau. Deitar numa forma rectangular (20x28 cm), untada com manteiga e polvilhada com farinha - estou completamente rendida ao spray desmoldante, portanto salto esta operação. Vai ao forno entre 25 a 35 minutos. Só cortar me quadrados quando tiver arrefecido.