20/02/13

Das tradições gastronómicas portuguesas: butelo com casulas


A minha educação culinária foi pouco tradicional, não sei se por via da minha vivência citadina, das minhas raízes insulares, ou pelo facto de a minha mentora nestas lides – a minha avó paterna – ser de origem inglesa. Sei fazer uma mão cheia de pratos típicos da gastronomia portuguesa, mas tenho plena consciência de que há um sem número de produtos e de receitas por desvendar. Felizmente que, a pouco e pouco, num misto de espanto e prazer, lá vou conquistando terreno em matéria de tradição gastronómicas e conhecendo novos sabores (para mim, claro está!).  

O butelo e as casulas (ou cascas) foram duas das minhas mais recentes descobertas. Há cerca de 1 ano, em casa de uma querida amiga, fizemos uma prova de enchidos e pela primeira vez experimentei esta dupla. O butelo é um enchido com recheio de ossos da suã (coluna vertebral do porco) com a carne agarrada, envolto na bexiga ou no bucho de porco, servindo-se acompanhado por casulas, que são vagens secas de feijão. Este prato regional transmontano é habitualmente consumido no Entrudo.

Foto gentilmente cedida pela minha companheira de comezainas Suzana do blogue Gourmets Amadores.

No próximo fim-de-semana, de 22 a 24 de Fevereiro, em Bragança, realiza-se o Festival do Butelo e das Casulas, que vale certamente uma viagem até lá para saborear esta especialidade, contemplar as paisagens transmontanas e conviver com as suas calorosas gentes.

Caso não tenham possibilidade de ir até Bragança, podem experimentar este prato em Lisboa, confeccionado pelas mãos sabedoras da chef Justa Nobre, no Spazio Buondi/Nobre.  Foi lá que pela segunda vez experimentei este prato, no jantar de apresentação do Festival. Se quiserem meter as mãos na massa e confeccioná-lo em casa, então podem comprar os produtos online no site da Origem Transmontana e seguir esta receita.

Vale a pena divulgar e ajudar a preservar esta tradição tão nossa, não acham? 



4 comentários:

  1. Que engraçado. Nasci em Vila Real e fui criada em Lisboa e acreditas que não conheço nem um nem o outro??
    Adoraria provar e fica já agendado para a minha próxima ida a Lisboa.
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lia

      Depois de experimentares, conta como foi.

      beijocas

      Eliminar
  2. A gastronomia portuguesa tem muitos segredos por desvendar. Agradeço às mulheres da minha familia que me ensinaram sempre o quão reconfortante pode ser uma simples (ou talvez não..) canja de conquilhas ou uns carapaus alimados. Adorei conhecer o butelo e as casulas e adorei ler tudo o que vocês têm partilhado sobre este tema. Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida,

      Tens toda a razão, a nossa gastronomia é uma maravilha. E tu ensinaste-me imenso sobre a algarvia.

      Beijocas

      Eliminar

A sua opinião conta: comente, sugira alterações, pergunte e tempere a gosto. As críticas construtivas e as pessoas bem-dispostas são sempre bem-vindas.

Comentários desagradáveis, spam e publicidade, serão varridos desta cozinha.

Qualquer dúvida, não hesite em perguntar. Tentarei responder a todos os comentários e prestar esclarecimentos aqui no blogue ou via email.