15/06/12

Estufado de couve roxa e maçã

Estufado de couve-roxa e maçã


Um acompanhamento perfeito para assados ou grelhados, com um sabor agridoce e uma cor fantástica! 
Tradicionalmente usado para servir com carne de porco, este estufado dá um toque especial a uma refeição simples, como acompanhamento, por exemplo, de umas costeletas grelhadas.

Ingredientes:

1 cebola pequena
500 g couve roxa
1 maçã ácida (tamanho médio)
sumo de 1/2 limão
1 dl de vinho doce (Favaios, Moscatel..)
Azeite q.b.
sal, pimenta e noz moscada

Cortar a couve-roxa em juliana fina (na bimby 3 segundos, velocidade 4). Passar por água, escorrendo bem. Descascar e cortar a maçã em cubos e regar com sumo de limão. Picar a cebola grosseiramente. Numa caçarola (ou wok), saltear a cebola até que fique translúcida. Juntar a couve-roxa e o vinho. Deixar cozinhar 2 ou 3 minutos. Adicionar a maçã. Temperar com sal, pimenta e noz moscada. Deixar cozinhar cerca de 10 minutos (depende do tamanho de corte da couve, naturalmente). Não deixe cozinhar demasiado para que a maçã não se desfaça e a couve se mantenha crocante. 

9 comentários:

  1. Querida Pipoka,
    Esse é um acompanhamento de que gosto muito. Aqui na Prússia, usa-se para acompanhar o borrego da Páscoa.
    Um grande beijinho
    Sofia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Sofia,

      Parece-me muito bem este acompanhamento para borrego, pois é uma das minhas carnes favoritas. Hás-de me dizer como é que aí na Prússia costumam fazer este acompanhamento.

      Beijos grandes

      Eliminar
    2. Querida Pipoka,
      Compra-se a couve roxa em conserva e coze-se com cravinho e maçã! ;)
      Eu, no teu lugar, continuaria a fazer como tu fazes - e na próxima páscoa, vou experimentar a tua versão. Lembro-me bem da primeira vez que fiz borrego no forno para a Páscoa, acompanhado com a couve roxa e maça: venderam-nos gato por lebre (ou talvez o avô do borrego) e a carne, apesar de ter seguido a receita à letra, ficou dura, dura. O que nos valeu nessa Páscoa, foi mesmo o acompanhamento! (E a sobremesa ;) )
      Beijinhos da Prússia
      Sofia

      Eliminar
    3. O cravinho aqui na minha receita também não deve ficar mal ;-)
      Essa do avô do borrego já me fez soltar umas sonoras gargalhadas... livra, que azar. Ás vezes acontece-me com a carne de vaca. Noutro dia comprei uma bela costeleta (tinha quase 1 kg) e era tão dura, mas tão dura, que nem para carne picada serviu.

      bjs

      Eliminar
  2. Gosto muito de couve roxa. Julgo que pode servir de acompanhamento para a carne que mais se apreciar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Graça,

      Tem toda a razão: servirá de acompanhamento para a carne que mais se apreciar. A Sofia acabou de dar a sugestão do borrego. A mim parece-me bem ;-)

      Obrigada pela visita.
      Bjs

      Eliminar
  3. Adoro esta combinação! Tb deliciosa a de couve roxa com castanhas. Trouxe esta semana da horta uma couvinha linda, pronta para ir à faca. :))
    Bjs

    ResponderEliminar

A sua opinião conta: comente, sugira alterações, pergunte e tempere a gosto.

Qualquer dúvida, não hesite em perguntar. Tentarei responder a todos os comentários e prestar esclarecimentos aqui no blogue ou via email.