24/03/10

Bolo de azeite e alecrim


Embora habitualmente prefira a manteiga ao azeite – uma inevitabilidade da minha educação gastronómica açoriana –, a verdade é andava há algum tempo cheia de vontade de fazer um bolo cuja única gordura utilizada seria o azeite. Assim que encontrei esta receita, percebi que era exactamente o que procurava: um bolo delicado e aromático, perfeito para acompanhar uma chávena de chá. É, de facto, a forma mais apropriada para degustá-lo. No entanto, acabei por comê-lo no final de uma refeição, como sobremesa e, sendo um bolo de textura mais seca, decidi servi-lo com vinho moscatel – uma conjugação que muito apreciei.



1 ½ chávena de farinha
1 colher de sopa de fermento
½ colher de chá de sal
4 ovos
¾ chávena de açúcar, mais uma colher de sopa para a cobertura
⅔ chávena de azeite extra virgem*
1 colher de chá de extracto de baunilha (opcional)
2 colheres de sopa de alecrim fresco finamente picado (só as folhas), mais uma haste para a cobertura.


*Aconselho o uso de um azeite de boa qualidade, de preferência, suave e frutado. Um azeite muito forte – ou de qualidade inferior – irá comprometer o sabor do bolo, sobrepondo-se ao aroma do alecrim.


Pré-aquecer a 180 graus. Untar uma forma de bolo inglês com manteiga (ou azeite) e farinha.

Numa tigela, misturar a farinha, o fermento e o sal. Reservar. Numa outra tigela, bater os ovos com o açúcar durante uns minutos até ficar uma mistura esbranquiçada e espumosa. Com a batedeira ligada, verter o azeite (a pouco e pouco e em fio). Misturar, agora manualmente, a baunilha e, depois, o alecrim. Juntar a mistura da farinha, mexendo até estar bem combinado.


Verter a mistura na forma. Por cima, polvilhar o açúcar (1 colher de sopa), cobrindo toda a superfície do bolo. No meio, colocar, delicadamente, a haste de alecrim. Levar ao forno cerca de 45 minutos.

8 comentários:

  1. Eu adoro bolos com azeite!... costela do "continente"
    Vou-me meter contigo, não leves a mal: com que então azeite furtado? o fruto roubado é o mais apetecível?... desculpa, não resisti à graça da troca de palavras!...
    ah, e vou experimentar, claro!
    babette

    ResponderEliminar
  2. Babette,

    Já me fartei de rir... Não estava de modo algum a apelar ao furto, a "culpa" é do corrector ortográfico que não aceita a palavra frutado e corrige-a automaticamente para furtado... Babette 1 - FLIP 0 (hehehe)


    beijos

    ResponderEliminar
  3. Pipoka, pra variar mais uma receita sua que eu AMEI! O pão ficou maravilhoso! Sensacional viu, amo vir aqui e ver essas gostosuras.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  4. por acaso acho que ja fiz um bolo com azeite mas nao lembro o nome e estava bem bom.
    esta também me parece uma delicia
    vou levar a receita
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Esse bolo está lindo e deve estar muito bom...
    bj
    Dani

    ResponderEliminar
  6. Uma delicia, gosto muito de bolos com azeite.
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Um pouco atrasada, mas não queria deixar de referir que gostei muita desta receita e adorei o pormenor da decoração final com o alecrim.Bjs

    ResponderEliminar

A sua opinião conta: comente, sugira alterações, pergunte e tempere a gosto. As críticas construtivas e as pessoas bem-dispostas são sempre bem-vindas.

Comentários desagradáveis, spam e publicidade, serão varridos desta cozinha.

Qualquer dúvida, não hesite em perguntar. Tentarei responder a todos os comentários e prestar esclarecimentos aqui no blogue ou via email.